Vitima de violência doméstica, Helena Isabel confessa: “Escondi-me atrás de uma capa de felicidade “infeliz”. A polémica gerou-se depois do seu ‘ex’ decidiu publicar uma fotografia sua íntima e com um texto bem forte.

Ela acabou por reagir já ao final do dia através de comunicado

«Estamos em Julho de 2018, e eu pertenço a mais um sem numero de mulheres vitimas de violência domestica. Escondi-me atrás de uma capa de felicidade “infeliz”, inexistente, com medo da repressão e da forma como isto pudesse interferir na minha vida laboral, nos meus projetos, nas minhas ambições.

Tinha duas vidas. A vida para a comunicação social e a minha vida privada, repleta de medos e ansiedades.

Optei por viver este meu problema com os mais próximos..( salvaguardando-me a mim e aos pais da pessoa em questão pois são pessoa incríveis). Era um segredo bem guardado!

Até hoje, o dia em que alguém decidiu atentar contra a minha dignidade num acto de revolta. Num acto cruel. Num ato de desespero por não saber aceitar um NÃO.

A violência doméstica é considerado um crime publico. Foi no fatídico dia 18 de Fevereiro que fiz a primeira queixa, sucederam-se mais 4 aditamentos à mesma, sendo hoje o quinto .. e enquanto espero pela minha paz, talvez possa já cá não estar.

Não podia deixar em branco este acontecimento que de alguma forma mexeu comigo e com os que me são próximos.

Também vais gostar destes:
Carolina Patrocínio exibe filha com orgulho:Esta saiu bem.
Só esteve uma única vez, afirma Cristina Ferreira quanto ao pai.

A todos aqueles que vivem o mesmo problema, lembrem-se, as pessoas não mudam!

Porque o meu caminho me tornou uma pessoa conhecida do público sinto me na obrigação de tornar pública está minha vivência deixando claro que não vou alimentar qualquer especulação mediática deixando o processo seguir o curso legal.»

Partilha
Loading...