Vacina para o coronavírus poderá pronta em Novembro, de acordo com informação do diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci.

A CEO da empresa de biotecnologia moderna, Stéphane Bancel afirmou que: “A prioridade era a velocidade, mas sem comprometer a segurança” e o objectivo é “fabricar centenas de milhares” de vacinas.

Fauci afirma que: “Esperamos ter os primeiros dados sobre a eficácia da vacina no final do verão e os resultados definitivos em novembro. Estamos a quebrar um recorde mundial no desenvolvimento de uma vacina”, frisou.

Quantos aos testes, Fauci revela que brevemente cerca dos 15 mil voluntários irão testar a vacina.