Para 2021, o governo já fixou a taxa de carbono acima dos 5 cêntimos por litro de combustível bem como o valor a pagar pelos consumidores por cada litro de gasolina e gasóleo.

De acordo com o decreto-lei publicado esta sexta-feira, a taxa do adicionamento sobre as emissões vai passar de 23,619 euros por tonelada de CO2 para 23,921 euros por tonelada de CO2.

A aplicação desta medida visa prosseguir “o objetivo de descarbonização da economia, estimulando a utilização de fontes de energia menos poluentes”, lê-se no mesmo documento assinado pelo Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.