É importante estarmos atentos aos sintomas do síndrome de burnout que consiste numa constante exaustão física e mental, associado a uma situação de grande stress no local de trabalho.

Este síndrome está na maior parte das vezes associado a um clima de grande tensão e stress no local de trabalho ou a um descontentamento com a posição ou lugar que se ocupa. Também a grande carga de trabalho que uma profissional enfrenta hoje em dia e o clima de constante competitividade pode ser um factor de desenvolvimento do burnout.

Sintomas físicos do síndrome de burnout

  • Cansaço constante e em grande escala;
  • Dores de cabeça permanentes;
  • Tonturas;
  • Dificuldades em adormecer e dormir;
  • Problemas digestivos;
  • Dificuldade a respirar;
  • Dores musculares;
  • Alterações do ciclo menstrual para as mulheres.

Sintomas comportamentais/ Psíquicos:

  • Falta de atenção / concentração;
  • Raciocínio mais lento;
  • Irritabilidade constante;
  • Sentimento de solidão;
  • Auto estima reduzida;
  • Alguma agressividade;
  • Perda de motivação;
  • Isolamento.

Também vais gostar destes:
É chamada de bebida ressuscita morto: sobe as plaquetas e eleva a imunidade.
Couve limpa o fígado e deixa o cérebro 11 anos mais jovem.

Fica atento/a aos sinais e, na dúvida, consulta o teu médico para um diagnóstico mais preciso.

É muito importante iniciar um tratamento para o síndrome de burnout o mais cedo possível, de forma a evitar que o mesmo se desenvolva em proporções maiores e possa trazer outros problemas.

FONTEE-konomista

Partilha