Promessa de Costa: salário mínimo de 850 euros em 2025. António Costa revelou que pretende assim aumentar para 850 euros o ordenado mínimo. Pretende também a isenção de IRS para mais 200 mil cidadãos.

À agência Lusa uma fonte do governo abordou estas pretensões aquando da reunião da Comissão Política Nacional do PS, em Lisboa, realizada com o fim de avaliar das negociações com o PCP, PEV, Bloco de Esquerda e PAN para a aprovação do Governo de Orçamento do Estado para 2022.  

O líder socialista falou no seu discurso da intenção de aumentar o mínimo nacional em 850 euros, com o objectivo de dar continuidade ao processo de “convergência com a União Europeia”.