Regina Duarte foi duramente criticada após chamar “egoístas” a quem fica em casa de quarentena. A actriz continua a dar a cara pelas políticas de Jair Bolsonaro, mesmo no que toca às da pandemia do coronavírus que também se alastra pelo Brasil.

A secretária da Cultura usou a sua conta de Instagram para criticar a quarentena remocendada pela Organização Mundial de Saúde como forma de travar a propagação da Covid-19, chegando mesmo a insinuar que é uma forma de egoísmo estar-se em casa a cumprir o isolamento já que outras pessoas precisam de sair para trabalhar. 

Segue a publicação que fez na sua conta de Instagram:

“Quer ficar em casa? Você quer ficar em casa? Tá ok! Mas você exige um frentista e posto de combustível aberto para você sair com seu carro em qualquer emergência… Você quer ficar em casa?

Mas você exige o mercado aberto com atendentes, senão sem alimentos você surta! Quer ficar em casa? Mas quer que o porteiro do seu prédio e o zelador estejam trabalhando! Quer ficar em casa? Mas precisa de dinheiro e quer o bancário de plantão no banco para resolver seu problema! Quer ficar em casa?

Mas tem motoristas e cobradores de ônibus trabalhando para transportar quem precisa de transporte! Quer ficar em casa? Mas o farmacêutico e balconista tem que estar lá para te servir, né?! Quer comprar pão? Padaria aberta!!! Quer ficar em casa? Claro, mas Deus o livre se o caminhoneiro parar! Em casa sim,
mas com a coleta de lixo em dia pelos garis!”
, escreveu.

O texto mereceu uma avalanche de críticas por parte de centenas de anónimos, mas também de algumas figuras conhecidas no Brasil como é o caso da cantora e atriz Emanuelle Araújo e do ator Marcos Palmeira.