A primeira usina solar que transforma água do oceano em água potável está no Quénia. Um relatório recente disponibilizado pela UNICEF e pela Organização Mundial da Saúde, afirma que mais de 2 bilhões de pessoas no planeta não possuem água potável.

Assim, a ONG GivePower decidiu instalar a primeira usina de dessalinização de água solar ao longo das costas da cidade de Kiunga, no Quénia. Com sistemas avançados de filtragem, consegue converter a água do oceano em água potável.

Para ser construída, a fábrica necessitou de um investimento de 500 mil dólares e informou que entregaria o projeto em apenas 1 mês. Graças a essa nova máquina, é possível produzir até 50 mil litros de água potável diariamente.

A qualidade da água produzida pela fazenda de água solar é melhor que de uma poço tradicional.

A GivePower com a sua brilhante ideia, projetou então a Solar Water Form, a primeira usina dessalinização de água que funciona graças aos painéis fotovoltaicos que produzem energia e que usam baterias Tesla para armazenar essa energia.

“Quero fornecer água para um bilião de pessoas nos países em desenvolvimento. A cada 90 segundos, uma criança morre de doenças transmitidas pela água. É realmente um grande problema “, disse Hayes Barnard, presidente da GivePower.