Finalmente políticos proibidos de contratarem familiares…em França, claro. Aconteceu depois de uma petição com mais de 200 mil assinaturas.

O parlamento Francês aprovou a lei conhecida como lei da moralização da vida política, com votos favoráveis da maioria absoluta. Assim, os políticos franceses ficam proibidos de contratar familiares.

Com a aprovação da lei deputados, ministros e autarcas locais não colocar a exercer funções familiares, sujeitando-se a uma pena de três anos de prisão e 45 mil euros de multa se o fizerem.

Segundo o Observador, a lei foi aplicada poucas semanas depois dos franceses criarem uma petição com 200 mil assinaturas para que empregar familiares fosse proibido.

Partilha
Loading...