O policias compraram todos os gelados de adolescente alvo de gozação. O adolescente foi filmado a ser gozado por outros jovens. Triste e com lágrimas a escorrer pelo rosto, ele foi surpreendido por policias que viram aquela cena e ficaram comovidos. Eles foram até a casa do jovem para comprarem todos os produtos dele.

Em seguida, destribuiram os gelados para outras crianças do bairro. O soldado Alves Oliveira, que participou do episódio desta quarta-feira, contou que o vídeo da humilhação estava a circular em grupos de WhatsApp entre os moradores da cidade e sensibilizou os agentes.

— Ele é um guerreiro. Eu também já trabalhei a vender coisas e sei que é horrível ser humilhado da forma que ele foi. Ele é uma criança pura, sem maldade, uma pessoa totalmente do bem. Isso é o que fere mais a gente. As pessoas pensam que nós, policias, não somos seres humanos, mas nós somos e temos os mesmos sentimentos. Não foi à toa que a gente foi lá e fez isso — ressaltou.

A mãe do adolescente também estava no local e, no vídeo, é possível vê-la ainda abalada pelo bullying que o filho tinha sofrido. Há relatos de que, durante a ação, os policias ressaltaram ao jovem para ele nunca se sentir envergonhado por trabalhar.

— Nós assitimos (ao vídeo da humilhação) e achamos que aquilo foi uma covardia enorme — relatou Alves Oliveira, acrescentando que não esperava tamanha repercussão da atitude de ajudar o menino.

O policia disse ainda que, inicialmente, a equipa procurou o agressor para poderem conversar com o pai dele. Como o jovem não foi encontrado, os agentes foram até ao adolescente alvo das ofensas.

— Não foi difícil encontrá-lo porque ele já trabalha há um bom tempo a vender e muitas pessoas pessoas nos informaram (onde ele estava). Inclusive alguns amigos dele nos levaram até a casa dele. Chegando lá, a gente conversou com ele, demos alguns conselhos, e começamos a gravar o que a gente estava fazer. Surgiu a ideia então de comprar o que sobrou. Tinham ainda 17 — afirmou.

FONTEExtra

Partilha