Passos Coelho está inconformado com a morte do irmão. O ex Primeiro Ministro perdeu o irmão mais velho e mostra-se devastado no velório e na cremação.

Após o falecimento de Laura Ferreira, e do pai, Pedro Passos Coelho perde mais um membro da família. O irmão Miguel tinha paralisia cerebral desde criança e estava internado no hospital, onde acabou por morrer vítima de uma infeção.

«Ele está devastado, é normal. Primeiro, morre o pai, no ano passado; depois, a mulher; e, agora, o irmão. Não se pode dizer que teve um ano fácil de gerir, emocionalmente», disse uma fonte à revista NOVA GENTE. 

Com as restrições sanitárias devido à Covid-19, a cerimónia foi só para a família e amigos mais próximos, onde estavam presentes a irmã mais velha de Pedro Passos Coelho, Teresa, (que luta contra um cancro na mama) e o irmão, Paulino.

Todos os membros da família acataram as ordens do distanciamento, do uso de máscara e da limpeza das mãos.