A oração tem efeitos curativos, de acordo com um novo estudo realizado por um pesquisador cristão que revela que a cura física pode ocorrer como resultado do poder da oração.

Dr. Andrew Newberg, diretor de pesquisa no Hospital de Thomas Jefferson e Medical College, na Pensilvânia, liderou o estudo, em que scanners de cérebro de ressonância magnética, mostrou que há poder na oração.

O estudo também constatou que a oração é muito semelhante a um treinamento físico para o cérebro.

“Quando olhas para a maneira como o cérebro funciona, parece ser muito facilmente capaz de participar de práticas religiosas e espirituais… só faz sentido, se Deus está além de acima e estamos aqui abaixo, o nosso cérebro é capaz de se comunicar com Deus”, disse Christian Post Newberg.

Num dos seus estudos, Newberg tinha pacientes idosos com problemas de memória, eles rezaram todos os dias durante 12 minutos por oito semanas. Os resultados da ressonância apareceram positivo e dramaticamente diferente, após a conclusão do experimento. Além disso, os resultados de teste revelaram que o benefício da oração, na verdade podem formar o cérebro.

Em 2012, o The Huffington Post informou que Newberg realizou um outro estudo, que as formas em que a oração e meditação afecta o cérebro humano. A sua pesquisa mostrou que quando uma pessoa é dedicada à oração, há um aumento da actividade nos lobos frontais e a área da linguagem do cérebro, conhecida para se tornar activo durante a conversa. Verificou que o cérebro, orar a Deus é semelhante como falar com as pessoas.

Newberg chegou à conclusão de que, independentemente da religião, a oração cria uma experiência neurológica entre pessoas.

FONTEPsicologia do Brasil

Partilha