Nonô, a menina que comoveu Portugal morreu há 5 anos. A pequena Leonor, lutou durante mais de um ano contra um tumor num rim.

O caso da menina foi muito divulgado na imprensa e apesar da doença, ela era uma menina feliz, já que a família fez todos os esforços para que ela vencesse o cancro. 

Vanessa Afonso, mãe da menina e a irmã fundaram, em dezembro de 2013, a Associação Princesa Leonor, Aceita e Sorri – APLAS, com a finalidade de ajudar outras famílias a ultrapassar da melhor forma, os diversos problemas que se colocam a partir do momento em que é diagnosticado o cancro.  

Muitas figuras públicas portuguesas escreveram quando Nonô perdeu a vida, sendo uma delas Fernanda Serrano que escreveu com as palavras no coração:

“Neste momento as palavras são escassas!

A Nonô é um exemplo de força, coragem, determinação, luta, luz,…

Nunca perdemos as batalhas, apenas apenas existe um momento em que a nossa missão é outra!

Sem dúvida que são momentos duros e difíceis de superar. A perda de alguém que é tudo para nós é algo inexplicável… mas a Leonor é um exemplo sem igual e tal como ela temos que sorrir até nas adversidades da vida pois só temos uma e devemos gasta-la bem ?

Um sorriso que movia e aconchegava cada coração que estivesse por perto!

Um sorriso que nos move e dá coragem a todos aqueles, pequenos e grandes, que neste momento passam por alguma provação ou dor!

Mais uma estrela luminosa que nos guia ?

Obrigada Leonor?

Obrigada Nonô?”