Uma menina de 8 anos com leucemia, tem também a mãe desempregada e pede agora ajuda aos portugueses. A menina vive em Bustelo-Recarei, em Paredes. Ela foi recentemente diagnosticada com leucemia, depois de uma ida ao hospital com febre e dores de cabeça.

A criança iniciou o tratamento de quimioterapia no IPO. O pai é o único com rendimentos já que a mãe se encontra desempregada e a atravessar dificuldades económicas.

A mãe pede ajuda aos portugueses para conseguir suportar os custos de viagens ao IPO e ainda para construir um quarto isolado para a menina, para que esta possa voltar a casa.

Domingo, dia 9 de fevereiro, mais de 200 pessoas foram caminhar em Bustelo. Vieram de vários locais: Recarei, Valbom, Gandra e, claro, Bustelo, para vestirem a camisola por Rafaela, a menina de oito anos que foi diagnosticada há pouco mais de uma semana com leucemia.

A população depositou o valor angariado em caixas fechadas e entregou-as assim mesmo aos pais da Rafaela. Não quiseram saber o valor, esperam apenas que ajude na “longa caminhada que se avizinha”.