Um empresário chinês lucrou quase 2 mil milhões com máscaras. Yu Xiaoning lucrou cerca de 1,9 mil milhões de dólares desde 20 de janeiro, com com a venda de máscaras de proteção, segundo o Financial Times. 

“A competição por estes materiais tornou-se a chave para a prevenção global de epidemias”, afirmou Xue Zhanzhong, analista da Hengtai Securities, ao FT, referindoque “o limiar técnico e o processo de produção foram a razão pela qual o preço dos materiais aumentou recentemente”.

Yu Xiaoning aperfeiçou a produção de tecidos durante o surto de síndrome respiratória aguda grave em 2002: “Por causa da Sars naquele ano, mudámos [o tecido] uma série de vezes até nos focarmos num produto essencial”, disse ele à revista Chinese Entrepreneurs. Agora, e “após 17 anos” a empresa tornou-se “num fabricante nacional líder em termos de tecnologia e produção”.