Já está detido o incendiário de Castelo Branco, suspeito de ter ateado fogo na madrugada deste fim de semana. O suspeito, com 55 anos de idade, usou chama directa, colocou um foco de incêndio numa zona florestal povoada com pinheiros e mato, dentro de uma vasta mancha florestal, que teria proporções mais gravosas caso não tivesse havido, entretanto, uma rápida intervenção dos bombeiros de Castelo Branco.

O crime colocou perigo a integridade física e a vida de pessoas, habitações e a grande mancha florestal. 

Na luta contra as chamas estiveram a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, as Forças Armadas também se deslocaram para o local para ajudar a apagar o incêndio, pois deflagraram outros dois fogos de grandes proporções.

Pelo menos uma pessoa sofreu ferimentos graves e oito elementos da Proteção Civil sofreram ferimentos leves. No local foram destacados cerca de mil operacionais.

O homem detido vai agora ser presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação.

FONTEBuzztimes

Partilha