850 milhões para o Novo Banco e 118 milhões de cortes em saúde e educação era a noticia avançada no ano passado num relatório da Comissão Europeia revela que o Governo irá cortar 118 milhões de euros na saúde e educação em 2019.

Agravaram-se os cortes na saúde enquanto o Estado injetaca 850 milhões de euros no Novo Banco através do Fundo de Resolução pela utilização de um empréstimo acordado com o Estado em outubro de 2017.

Não foram implementadas medidas necessárias no Serviço Nacional de Saúde alegando impacto financeiro de 20 ou 30 milhões de euros, talvez por isso agora estejamos perante um cenário de um SNS a rebentar pelas costuras sem conseguir dar respostas às centenas de casos de COVID 19.