Um mãe pede ajuda para a filha de 13 anos, constantemente agredida na escola da Lousã. A filha é vítima de bullying por parte dos colegas.

A criança já foi agredida fisicamente por um grupo de estudantes mais velhos da Escola Secundária da Lousã.

A mãe relata que as agressões são constantes e as agressoras têm 15 e 16 anos e não sofreram qualquer tipo de punição por parte dos responsáveis da escola.

Ana Lagartinho revela que soube que a filha foi agredida através do filho mais velho que lhe contou que Madalena estava rodeada por um grupo de jovens e que duas adolescentes lhe agarram nos braços enquanto outra a agredia. Madalena terá ligado ao irmão de 18 anos a pedir ajuda e este terá alertado a mãe.

A maioria das agressões têm acontecido dentro do recinto da escola, desde o início de setembro de 2018 e Madalena também é vítima de agressões verbais.

A mãe da menina já participou ao director da escola, mas garante que se a escola não resolver a situação, prosseguirá com uma queixa na GNR.

A menina diz que não quer ir mais para a escola e está a ser acompanhada por um psicólogo.

Partilha
Loading...