A confusão nas bombas de gasolina já gera nervosismo. A greve dos motoristas de matérias perigosas terá inicio já no próximo dia 12 e já há muita gente armada em parva nas gasolineiras.

Muitos portugueses egoístas, aumentam exponencialmente o impacto das greves, o que aliado à desinformação da comunicação social não ajuda em nada.

Se todos fizerem a sua vida de forma normal, o combustível não acaba, mas o pessoal prefere ir a acorrer para as bombas como se estivesse na iminência de um apocalipse zombie.