Um cão abandonado que comia galhos e pedras para sobreviver foi adoptado. É incrível como os cães conseguem pedir ajuda apenas com expressões ou latidos. A verdade é que o estado miserável de alguns cães, denuncia por completo as suas vidas de abandono e maus tratos.

Alex era um cão muito magrinho e sobreviveu a comer galhos e pedras, mas felizmente foi resgatado.

Desde então ele tem feito uma recuperação notável. O melhor de tudo é que ele já encontrou uma mãe adotiva: “Quando eu o conheci, ele era muito magro e o que me atraía para ele eram seus olhos assustadores e penetrantes”, disse Diane Lundeen.

“Vimos um cachorro apavorado e emaciado que precisava de ajuda e precisava de ajuda rápido”, disse Deanna Theis, a diretora assistente da Southern Animal Foundation. “Ver a foto era uma coisa, vê-lo em pessoa era muito emocional. Quando eu o peguei, não pude deixar de chorar, e me sentir muito triste por ele “, disse a mulher. “Eu abracei-o e beijei-o na cabeça e disse que ele estava bem agora.”

“Ele estava hesitante a sair da sua caixa de transporte. Mas quando saiu, imediatamente começou a sacudir a cauda.”

Cão abandonado comia galhos

Um raio X revelou que o estômago desse patudinho estava cheio de pedras e galhos.

Foi preciso de uma cirurgia de emergência para recuperar o seu estômago. O peludo de apenas 20 quilos ficou num período de recuperação de longo prazo.

Cão abandonado comia galhos

Após alguns cuidados intensivos, ele foi promovido por Diane, mãe de dois outros cães. “Ele ganhou 10 quilos em seus primeiros 10 dias hospedado comigo. Isso indicou-me que ele iria se recuperar muito rápido”.

O cachorro que comeu pedras para sobreviver, hoje vive feliz: “Acordei com ele na minha cama com a cabeça apoiada suavemente no meu peito. Ele ama o seu irmão e irmã. Ele é o soldado da paz na família. Os três brincam com todos os brinquedos novos estridentes que eu comprei, enchendo a minha sala de estar com recheio de neve.”.

“Nós passámos para brinquedos de corda que mantêm todos felizes. O tug-o-wars é o grande favorito. Ontem, Alex foi tirar as suas primeiras fotos com Papai Noel em Petcetera e derreteu o coração de todos. Ele está a comer bem e é muito curioso a cerca dos gatos, então estamos mantendo-os separados por agora”.

Apesar de todo o sofrimento desse menino no passado, ele hoje é muito feliz junto dos seus irmão e mãe adoptiva. Felizmente alguém abriu não só as portas da sua casa mas também as portas de seu coração para amar esse patudinho.