O campeão em título do Dakar não hesitou em parar para ficar com Paulo Gonçalves.

Toby Price, piloto da Red Bull Factory KTM Rally Team, ficou junto a Paulo Gonçalves até chegar a assistência médica, terminando a etapa com mais 1 hora e 23 minutos do que Joan Barreda, o primeiro a cortar a meta.

Kevin Benavides, da Monster Energy Honda Racing, que também parou para ajudar, foi o vencedor da etapa, após a organização devolver o tempo em que esteve parado.