Os automóveis da GNR têm média de 14 anos de idade e 400 mil Km.

O Destacamento de Trânsito da GNR de Santarém, responsável por cerca de 6000 km2 e de 300 km de auto-estradas, tem menos 44 militares do que há quatro anos e viaturas com uma média de 14 anos e 400 mil km.

Após o anúncio do reforço de 364 viaturas para a GNR, a nível nacional, Patrícia Fonseca, deputada do CDS eleita pelo distrito de Santarém quis saber quantas virão para o distrito de Santarém, mas o ministro não respondeu.

A deputada alertou para o caso do Destacamento de Santarém, “que tem responsabilidade sobre uma área bastante significativa e uma falta gritante de militares para assegurar todo o patrulhamento”.

O posto territorial mais perto de Alcanede é o de Pernes, mas tem apenas nove militares que não conseguem por si só garantir o funcionamento do próprio posto: “chegam a demorar uma hora de caminho (dadas as condições da estrada), o que condiciona a intervenção atempada das forças de segurança”, afirmou Patrícia Fonseca

Para agravar esta situação o Destacamento de Santarém sofreu uma redução de 77 militares em 2018 e Patrícia Fonseca questionou o ministro sobre quantos dos anunciados 950 formados este ano irão reforçar os efectivos de Santarém, mas não obteve resposta.

FONTERede Regional
Partilha
Loading...