Após votações na Assembleia da ONU António Guterres esbardalhou-se. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, deu uma grande queda depois da aprovação da resolução da condenação da invasão russa da Ucrânia.

Foram 637 os votos a favor e 13 votos contra, estando aqui incluido o PCP, nas pessoas de João Pimenta Lopes e de Sandra Pereira.

O objetivo consiste em sancionar a “agressão militar ilegal, não provocada e injustificada da Federação Russa contra a invasão da Ucrânia” bem como a cooperação “da Bielorrússia nesta agressão”.