A ajuda aos bancos custará mais aos contribuintes do que a Guerra Colonial. podendo a fatura aumentar 5.5 milhões de Euros nos próximos anos.

A Guerra Colonial custou 21.7 mil milhões, usando os valores de hoje. Quanto aos bancos, entre 2008 e 2017, o Estado gastou €16,7 mil milhões em apoios, segundo o Tribunal de Contas. Em 2018, a factura aumentou em €932 milhões com a transferência de €792 milhões para o Novo Banco e €140 milhões de empréstimo ao fundo que vai pagar aos lesados do BES.

Esta última parcela trata-se de um financiamento, mas se não for possivel recuperar os ativos do fundo, podem mesmo vir a ser perdidos pelo Estado. Há mais €5,5 mil milhões em risco que podem levar o total para €23,3 mil milhões, de acordo com o Notícias Viriato.

A Guerra Colonial está assim a um valor bem perto da ajuda aos bancos e no futuro, cumpridas as garantias bancárias obrigatórias, a ajuda aos bancos pode mesmo superar a Guerra Colonial.